@'~ Rubra Rosa

RPG, Anime, cinema, música, animais, crafts, papercraft, toy art, cultura steampunk, subcultura gotica, web, cultura popular, etc. Há muita coisa no mundo e tudo se compartilha!

Subscribe
Orkut
Tumblr




Para concorrer...

1. Seguir o blog publicamente. Por que somente para seguidores do Miscelânea da Juju? É uma maneira de selecionar os participantes e dar mais chances aos leitores do Blog. Se você ainda não me acompanha, basta clicar ali no menu direito no botãozinho "seguir". Você pode usar sua conta do Yahoo!, do Twitter ou sua conta do Google, ou ainda usar o OpenID se você tiver um blog ou um site... 
2. Visitar o site da loja clicando aqui.  Além de prestigiar a loja, você vai ter a oportunidade de conhecer todos os produtos legais que elas vendem.
3. Preencher o fomulário no blog com sinceridade.
4. Ter endereço de entrega no Brasil.
5. Se divulgar o sorteio no seu blog, site, você ganha mais uma inscrição. Basta preencher o formulário pela segunda vez informando o link de divulgação do seu blog/site.

Participem porque tá aí um item super legal! Até eu vou participar! \o/

2 comentários:

Lady S. Skull disse...

Respondendo:
Editoriais eu pego no fórum de moda FashionSpot, e caço uma coisa ou outra em diversos blogs. Peneiro bem até achar um editorial que se encaixe no perfil do blog. Não é tão fácil porque a maioria dos editoriais são muito mainstream. Mas de vez em quando acho umas preciosidades. ^^
Coloquei botões de compartilhamento, se não funcionar me avise.

Sobre as Cópias:
Felizmente não. Roupas não tem patente. Já falei sobre isso num parágrafo dessa postagerm:
http://modadesubculturas.blogspot.com/2009/12/moda-copias-e-etica.html
E isso é ótimo, pois o que vestiríamos se houvessem patentes? As roupas seriam muito caras e haveria

gente absurdamente rica que viveria só de criar peças pra patentear.
A questão da moda é a ética. Dificilmente uma peça artítica poderia ser feito alguma parceria com o criador, pois é como uma obra de arte, uma assinatura, uma característica PESSOAL do designer. É como você copiar um Picasso e vender como se fosse original entende? Ou fazer paceria com Picasso pra copiar as obras dele.
Não há nada de mal em criar peças inspiradas - a moda faz isso todos os dias - vide a moda atual INSPIRADA nos anos 50, anos 20, anos 40... o mal é copiar 100% uma peça autoral e vender a peça como se fosse sua criação.
A questão é o tipo de vida, sociedade que temos hoje, num mundo capitalita muitas vezes a grana fácil e a preguiça intelectual falam mais alto do que a honestidade.

Isabella F. disse...

Todos os blogs fdas tem uma promoção foda *__*